quarta-feira, 20 de junho de 2007

SE ENTREGA, COURISCO!


Não pretendo tornar esse blog um pequeno diário, mas tem umas coisas que ficam na cabeça, e fazem pensar, e causam tanta coisa, 'tantas emoções', que seria até mesquinharia minha não dividir com ninguém.
Outro dia comi um negócio na rua que me fez realmente mal, e eu me contorci por uns dias outros até passar o mal estar.
Ajoelhei, pedi aos céus, pedi perdão, prometi que nunca mais, arrependi até da maçãzinha que nem fui eu que comi...
Até que mudei o foco.
Levei a família ao cinema!!!
E fui eu, verde tal qual uma ogra, ver Shrek Terceiro.
Cheguei lá ainda mal. E começou o filme.
Não tive dúvidas. Peguei a mão de meu filho e segurei bem forte. Vi o filme e, quando dei por mim, gargalhava alto no cinema. Totalmente entregue aquela cena, ridícula que só eu, citando Roberto Carlos no melhor dele: "Quando eu estou aqui eu vivo esse momento lindo!" (tomara que Ele não me processe).
Voltei prá casa curada. Parei de prestar atenção só no meu umbigo - literalmente - prá atinar prá troca de calores que eu vivi, cantarolando o rapper BNegão e tomando como ensinamento sua máxima, que, a princípio, parece uma redundância, mas que aos olhos mais atentos, é um ensinamento e tanto: "Priorize a prioridade!"
Pois bem, achei de falar disso aqui por causa da dificuldade que a gente têm de se entregar às coisas boas. De se entregar a uns momentinhos que deixam a vida menos chata, menos pesada...
E fica uma ameaça pendente como se, ao se entregar, a gente perdesse um pouco de si mesmo.
E realmente perde, sim.
Perde o controle, perde a sisudez, perde até a hora da novela.
Mas ganha tanto em troca.
E é justamente aí que tá a graça.
E você?
Pronto prá contra-dança?
É só se deixar levar. Como naquela festinha em que vc ainda era criança, lembra? E pôde dançar com a menina que, para você, era a mais linda. E seus pés levitavam... e você nem sabia mais seu nome. Aliás, prá que nome?
Postar um comentário